Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/1134
Título: Triagem de Manchester na idade pediátrica - estudo inter-hospitalar
Outros títulos: Manchester triage in childhood - multidisciplinary study
Autor: Andrade, T.
Carvalho, F.
Fernandes, A.
Casanova, C.
Palavras-chave: Urgências
triagem
criança
Emergencies
triage
child
Data: Mar-2008
Editora: Nascer e Crescer
Citação: Nascer e Crescer 2008; 17(1): 16-20
Resumo: Introdução: A Triagem de Manchester (TM) foi criada no sentido de estabelecer um consenso quanto à triagem de doentes nos Serviços de Urgência. Objectivo: caracterizar a observação das crianças até aos 12 anos de idade no Serviço de Urgência de um grupo de Unidades Hospitalares nas quais foi introduzido este Sistema de Triagem e inquirir acerca da sua aplicabilidade neste grupo etário. Material e Métodos: Foram incluídas no estudo todas as crianças entre os 0 e 12 anos admitidas no SU e triadas pela TM no período de 1 a 31 de Janeiro 2007. Foram revistas as respectivas fichas de urgência ou registos informáticos e analisadas as seguintes variáveis: idade, sexo, prioridade, tempo de espera, observação, realização de exames auxiliares de diagnóstico e destino. Resultados: Do total da amostra foram seleccionadas 4712 crianças, 52,6% do sexo masculino e com uma idade mediana de 36 meses. Foram tríadas com as seguintes prioridades: Emergente (vermelho): 0,2%; Muito Urgente (laranja): 13,4%; Urgente (amarelo): 33,8%; Pouco Urgente (verde): 49,4% e Não Urgente (azul): 0,4%. A atribuição da prioridade não mostrou qualquer relação com a idade, nem mesmo no período neonatal. A mediana de tempo de espera de atendimento foi sempre superior ao previsto pelo Sistema de Triagem. Os principais motivos de admissão foram febre e tosse. A realização de exames auxiliares de diagnóstico, a necessidade de observação por outra especialidade e a hospitalização estiveram sobretudo associados à prioridade pouco urgente e urgente. Conclusões: A Triagem de Manchester, embora possível como Sistema de Triagem no Serviço de Urgência Pediátrico, mostrou neste estudo limitações que se encontram intimamente relacionadas com a patologia e a gravidade deste grupo etário. A adaptação deste Sistema de Triagem à idade Pediátrica é imperativa para a admissão em tempo útil das situações verdadeiramente graves. ABSTRACT Objective: The Manchester Triage System (MTS) was created to establish a consensus on the patients triage in the Emergency Department. The objective of this study was to characterize the evaluation of children below 12 years of age in the Emergency Department of a group of hospitals with this system and to analyze its validity in this age group. Methods: The study included all children between 0 and 12 years of age admitted in Emergency Department and stratified by urgency category, in the period from 1 to January 31, 2007. The medical records were reviewed and the following variables were analyzed: age, sex, urgency category, waiting time, clinical evaluation, diagnostic investigation and orientation. Results: A total of 4712 children were selected (52.6% male) with a median age of 36 month. The urgency category was as follows: Emerging (red): 0.2%; Very Urgent (orange): 13.4%; Urgent (yellow): 33.8%; Standard (green): 49.4% and Non Urgent (blue): 0.4%. The category of severity showed no relationship with age, even in the neonatal period. The median attending time was always higher than expected by the MTS. The main reasons for admission were fever and cough. The diagnostic investigation, the referral to another specialty and hospitalization were mainly associated with Not Urgent and Urgent priorities. Conclusions: In our experience MTS, although possible as a triage system in Pediatric Emergency Care, showed limitations that are possibly closely related to the type and severity of the diseases in this age group. The adaptation of this system of triage to the pediatric age is imperative for a more effective prioritization of patients.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/1134
ISSN: 0872-0754
Aparece nas colecções:RN&C: Ano de 2008

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TriagemDeManchester_NeC_17-1_WEB.pdf77,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.