Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/1143
Título: A asma, a obesidade e a hormona vitamina D - A hipótese do sol
Outros títulos: Asthma, obesity and vitamin D - The sunshine hypothesis
Autor: Monteiro, T.
Palavras-chave: Vitamina D
células Tregs
doenças atópicas
doenças auto-imunes
obesidade
asma
Vitamin D
Tregs cells
atopic diseases
autoimunne diseases
obesity
asthma
Data: Set-2008
Editora: Nascer e Crescer
Citação: Nascer e Crescer 2008; 17(3): 125-128
Resumo: A conhecida “hipótese da higiene”, segundo a qual a redução das doenças infecciosas leva ao aumento das doenças atópicas, foi explicada pelo desequilíbrio da actividade das linhas TH1 e TH2 a favor da última, uma vez que a activação da primeira se relaciona com a defesa à infecção e a auto-imunidade, e a segunda com doenças atópicas. Mas o aumento simultâneo da prevalência de doenças auto-imunes e atópicas obrigou a encontrar outra explicação, admitindo-se a existência de células T reguladoras (Tregs) da actividade das duas linhas, activadas por componentes infecciosos como enterotoxinas. Mas as Tregs têm receptores para a vitamina D, capazes de serem estimulados. E como se tem vindo a demonstrar uma carência planetária em vitamina D, pode aventar-se outra hipótese para explicar a maior prevalência das doenças atópicas e auto-imunes, a hipótese do sol. Simultaneamente, a carência de sol (isto é, vitamina D) pode explicar o aumento e /ou gravidade de outras patologias, pois há receptores para a vitamina D em variadas células, que não enterócitos, células tubulares renais e osteoblastos, e de correlações patológicas, como asma e obesidade. ABSTRACT The hygiene hypothesis was developed to explain the increased prevalence of atopic diseases in the last decades, specialy in industrialized/developed countries. The central core of the hypothesis is that reduction in exposure to infectious disease and microbial products (through the introduction of vaccines, antibiotics, and improved sanitation) has resulted in deficient immune regulation resulting in hypersensitivity in both the T-helper type 1 (Th1) and T-helper type 2 (Th2) compartments (The Th1 pathway is characterized by the cell mediated proinflamatory responses and is also involved in certain autoimmune diseases; the Th2 pathway is envolved in production of immunoglobulin E, eosinophilia, atopy and airway hyperresponsiveness). However, the simultaneous increasing prevalence of autoimmune diseases led to the review of the scientific support of the hypothesis, introducing the role of Tregulatory cells (Tregs), up regulated by infectious components like enterotoxins. This up regulation can also be effectuated by vitamin D, as Tregs have receptors for this vitamin. Since now we assist to an epidemic deficiency of vitamin D, a new theory has been presented to explain the increased prevalence of atopic and autoimmune diseases: the lack of sunshine or vitamin D deficiency - the sunshine hypothesis. This hypothesis may contribute to explain the rising prevalence or the severity of other conditions, as there are now evidence of vitamin D receptors in many cells, besides enterocytes namely the kidney tubular cells and osteoblasts, and the association with obesity and asthma.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/1143
ISSN: 0872-0754
Aparece nas colecções:RN&C: Ano de 2008

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
aAsma-aObesidade_NeC_17-3_Web.pdf63,13 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.