Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/1246
Título: Coarctação da aorta – detecção tardia
Outros títulos: Coarctation of the aorta - still a missed diagnosis
Autor: Álvares, S.
Mota, C.
Carvalho, M.
Loureiro, M.
Palavras-chave: Hipertensão arterial
criança
adolescente
coarctação da aorta
Arterial hypertension
children
adolescents
coarctation of the aorta
Data: Jun-2009
Editora: Nascer e Crescer
Citação: Nascer e Crescer 2009; 18(2): 120-123
Resumo: As causas mais frequentes de hipertensão arterial na população pediátrica variam com a idade. No lactente e criança mais pequena é habitualmente secundária a doença cardíaca ou renal. No adolescente e criança mais velha, obesos e com história familiar de hipertensão, a etiologia mais frequente é a hipertensão essencial ou idiopática. Apresenta-se o caso clínico de uma adolescente de 12 anos, referenciada à consulta de Cardiologia Pediátrica para avaliação das repercussões cardíacas de hipertensão arterial de difícil controlo. A hipertensão arterial tinha sido detectada há dois anos e a investigação anterior não revelara causa secundária. De relevante ao exame físico apresentava obesidade, sopro sistólico de ejecção, com irradiação para o dorso, ausência de sopro abdominal, pulsos femorais diminuídos relativamente aos radiais e um gradiente de pressão arterial com diferencial de 50 mmHg entre os membros superiores e inferiores. O ecocardiograma transtorácico mostrou hipertrofia concêntrica ventricular esquerda; o estudo ecocardiografico supraesternal não foi conclusivo; detectou-se fluxo de coarctação da aorta a nível da aorta abdominal. A angiorressonância confirmou a existência de coarctação da aorta após a emergência da artéria subclávia esquerda tendo efectuado tratamento cirúrgico. Este caso é exemplo da importância de um exame físico completo na abordagem da criança com hipertensão arterial, nomeadamente a palpação dos pulsos periféricos e a avaliação da pressão arterial nos 4 membros. Perante a suspeita clínica de coarctação da aorta e um estudo ecocardiográfico/Doppler inadequado, salienta-se que os registos de Doppler pulsado a nível da aorta abdominal revelam informações valiosas relativamente à presença de coarctação. ABSTRACT The causes of arterial hypertension in the pediatric population are related to the age of the child. In the infant and younger children it is usually secondary to cardiac or renal diseases. For the adolescent with mild elevation of blood pressure, overweight and a strong family history of hypertension, primary or essential hypertension is most likely. We present a case report of a 12 year-old girl referred for cardiac evaluation in the setting of hypertension difficult to control. Diagnosis of hypertension was established at the age of ten and former investigation was inconclusive. On physical examination she presented a precordial systolic ejection murmur with irradiation to the back, no abdominal murmur, diminished and delayed pulses in the right femoral artery compared with the right radial artery and an arm-leg pressure gradient of 50 mmHg. Two D/Doppler Echocardiogram showed concentric LV hypertrophy, with no other structural cardiac malformations; Doppler investigation of the aorta from the suprasternal view was not conclusive. Pulsed wave Doppler recordings from the abdominal descending aorta showed a continuous antegrade flow signal, with no evidence of flow reversal or cessation. MR angiography located the coarctation just distal to the left subclavian artery. Surgical repair consisted in the subclavian flap aortoplasty procedure. Aortic coarctation is still a missed and late diagnosis. This case report is an examples of the importance of a complete physical examination in the presence of arterial hypertension in children, namely the palpation of radial and femural pulses and the leg-arm pressure gradient. In the presence of clinical suspicion of coarctation of the aorta, and in those patients with inadequate supraesternal notch echocardiography or Doppler examinations, pulsed Doppler recording from the abdominal descending aorta can supply valuable indications of the presence of a thoracic coarctation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/1246
ISSN: 0872-0754
Aparece nas colecções:RN&C: Ano de 2009

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CoartacaoAorta_18-2.pdf152,85 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.