Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/1298
Título: Hímen imperfurado como causa de retenção urinária: a importância do exame físico
Outros títulos: Imperforate hymen as a cause of urinary retention: the importance of physical examination
Autor: Pinto, M.
Monteiro, J.
Gomes, L.
Ferreira, H.
Gameiro, M.
Costa, M.
Palavras-chave: Hematometrocolpos
hímen imperfurado
retenção urinária
Imperforate hymen
urinary retention
Data: Dez-2011
Editora: Nascer e Crescer
Citação: Nascer e Crescer 2011; 20(4): 283-285
Resumo: Introdução: O hímen imperfurado (HI) é a alteração obstrutiva mais frequente do aparelho genital feminino. Estima-se que atinja 1:1000 – 1:10000 meninas. Caso clínico: Descreve-se o caso de uma adolescente de 13 anos, com história de obstipação e escoliose lombar. Recorreu ao Serviço de Urgência (SU) por episódio de retenção urinária, acompanhada de globo vesical. Apresentava uma história de dor hipogástrica com 11 meses de evolução, de carácter cíclico mensal. Referência a polaquiúria e dificuldade em iniciar a micção dois meses antes de recorrer ao SU, e ausência de menarca. O exame objectivo evidenciou estadio pubertário de Tanner 4-5, abaulamento da parede anterior do recto com massa adjacente palpável e protusão do hímen íntegro e imperfurado. Foi diagnosticado HI e hematometrocolpos confirmado por ecografia. Foi submetida a himenotomia, com drenagem de conteúdo hemático abundante, com resolução do quadro clínico. Conclusão: Com este caso clínico, os autores querem salientar que o exame objectivo completo é uma pedra fulcral na avaliação da criança ou adolescente. ABSTRACT Introduction: Imperforate hymen (IH) is the most frequent obstructive anomaly of the female genital tract. It is estimated that occurs in 1:1000 – 1:10000 girls. Case report: We report a case of a 13-year-old girl with a history of constipation and lumbar scoliosis. She presented to the emergency department (ED) with urinary retention and vesical globe. She referred hypogastric pain for 11 months recurring every month. She also referred absence of menarche, and increased urinary frequency and difficulty to start urination for two months. The physical examination showed Tanner pubertal stage 4-5, bulging of the anterior wall of the rectum with palpable adjacent mass and protrusion of intact and imperforate hymen. Imperforated hymen and hematometrocolpos were diagnosed, confirmed by ultrasound. Hymenotomy and drainage of abundant hematic secretions were performed with resolution of her symptoms. Conclusion: With this case, the authors want to emphasize the importance of a complete physical examination in a child or adolescent.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/1298
ISSN: 0872-0754
Aparece nas colecções:RN&C: Ano de 2011

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
08_InterHospitalar_20-4.indd.pdf97,41 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.