Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/1383
Título: Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamases de espectro alargado
Autor: Lima, Silvia
Palavras-chave: Resistência aos antibióticos
beta-lactamases de espectro alargado
disseminação.
Data de Defesa: 2010
Editora: Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto
Resumo: As Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamase de espectro alargado têm sido consideradas importantes agentes patogénicos hospitalares durante as últimas décadas. Hoje em dia a disseminação da resistência na comunidade é uma verdadeira ameaça, nomeadamente em nichos específicos, como os lares para idosos. A colonização fecal de pessoas saudáveis, principalmente com enzimas do tipo CTX-M, é uma realidade que pode comprometer o controlo de infecção nos cuidados de saúde hospitalares e na prestação de cuidados continuados. Assim, o rastreio de portadores de Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamases de espectro alargado na admissão hospitalar é de grande importância na detecção de surtos nas enfermarias, particularmente, nas de maior risco. Outros genes de resistência são também disseminados horizontalmente sendo a multirresistência uma realidade nesses isolados. A contribuição de animais, domésticos e selvagens, para a disseminação é outra ligação que já foi abordada na transmissão entre espécies de estirpes multirresistentes de humano para animal e vice-versa. Outra contribuição para a dispersão pode ser os produtos alimentares. A colonização fecal de crianças com Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamase de espectro alargado é uma realidade já relatada em Portugal que pode comprometer a admissão pediátrica hospitalar e o tratamento das infecções por estas estirpes. Esta realidade deve ser tomada em conta na prática clínica na comunidade, com consequências nos tratamentos empíricos adequados, nomeadamente nas infecções do tracto urinário, por estas estirpes, devido à limitação terapêutica. Também na admissão hospitalar de grupos específicos da população deve-se ter em conta a probabilidade de colonização fecal por Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamase de espectro alargado. Isto é um novo desafio da saúde pública para os médicos, laboratórios de microbiologia, hospitais e serviços de saúde em geral.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/1383
Aparece nas colecções:Trabalhos Académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Lima-S.pdf953,11 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.