Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/1588
Título: Psiquiátrico, aditivo ou orgânico: um desafio nos adolescentes
Outros títulos: Psychiatric, additive or organic: a challenge in adolescence
Autor: Monteiro, MI
Ferreira, AC
Grebe, HP
Gomes, L
Costa, M
Palavras-chave: Adolescente
alteração comportamenta
encefalite
Mycoplasma pneumoniae
Adolescents
behaviour disturbances
encephalitis
Data: Dez-2013
Editora: Nascer e Crescer
Citação: Nascer e Crescer 2013; 22(4): 238-240
Resumo: RESUMO Introdução: O alargamento da idade pediátrica até atingir os 18 anos de idade introduziu novos desafios pelo surgimento de quadros clínicos idênticos aos dos adultos no atendimento pediátrico. As alterações agudas do comportamento no adolescente são muitas vezes associadas ao consumo de drogas, álcool ou medicamentos. Estas podem, no entanto, ser a manifestação inaugural de uma psicose ou de uma doença neurológica de origem infeciosa ou autoimune. Caso clínico: Apresenta-se o caso de um adolescente com desajuste súbito do comportamento, de agravamento progressivo, semelhante a surto psicótico. A investigação permitiu o diagnóstico de meningoencefalite por Mycoplasma pneumoniae. Discussão / Conclusão: Este caso clínico vem reforçar a necessidade de uma abordagem alargada do adolescente com alterações agudas do comportamento. É fundamental manter a suspeita de patologia orgânica, investigando sempre a possibilidade de uma causa inflamatória, infeciosas ou imunológica. O Mycoplasma pneumoniae é um agente essencialmente respiratório, com potenciais complicações extrapulmonares, embora raras, sendo destas as neurológicas as mais frequentes. Realça-se com este caso o desafio que a avaliação de adolescentes nas unidades de agudos de Pediatria constitui.
ABSTRACT Introduction: The extension of paediatric age to the adolescents introduced new challenges in the paediatric health care. Acute behaviour disturbances are usually associated with drugs or alcohol abuse. Besides that, they can represent the onset of either psychiatric disorders or neurological diseases of both infectious or autoimmune origin. Clinical case: A teenager presented with sudden progressive behavioural disturbances. The investigation performed allowed the diagnosis of Mycoplasma pneumoniae meningoencephalitis. Discussion / Conclusion: This case report underlines the need of a multidisciplinary approach to the adolescent with behaviour disturbances. The suspicion of an organic disease must always be kept in mind, and laboratory and imaging studies conducted to the possibility of a inflammatory neurological disorder, both infectious or immune. Mycoplasma pneumoniae is mainly a cause of respiratory disease but has the potential of extra pulmonary complications, being the neurological the most frequent of these. We highlight the challenging of evaluating teenagers in acute paediatric units.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/1588
ISSN: 0872-0754
Aparece nas colecções:RN&C: Ano de 2013

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
v22n4a07.pdf84,67 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.