Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/305
Título: CONTRIBUTO DA CITOMETRIA DE FLUXO PARA O ESTUDO DOS RETICULÓCITOS
Autor: Queirós, M.
Moreira, S.
Leander, M.
Freitas, I.
Cleto, E.
Santos, F.
Henriques, M.
Teixeira, F.
Iglésias, I.
Santos, A.
Santos, M.
Gonçalves, M.
Fonseca, S.
Lau, C.
Bini-Antunes, M.
Teixeira, M.
Pinho, L.
Santos-Silva, A.
Lima, M.
Data: 11-Jul-2010
Resumo: Os reticulócitos são eritrócitos jovens cuja presença no sangue periférico (SP) reflecte a actividade eritropoiética da medula óssea. Assim e apesar de, em determinadas situações de stress ou em diversas patologias hematológicas, se poderem encontrar no SP reticulócitos em diferentes estadios de maturação,pouco se sabe acerca deles. Este trabalho teve como objectivo caracterizar fenotipicamente as várias fases de maturação dos reticulócitos por citometria de fluxo (CF).
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/305
Aparece nas colecções:SHC - Resumos de Posters

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1ªs JIIC-Resumos Poster 7.pdf17,21 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.