Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/614
Título: Anomalias congénitas gastrintestinais e da parede abdominal
Outros títulos: CONGENITAL ANOMALIES OF THE GASTROINTESTINAL TRACT AND ABDOMINAL WALL
Autor: Rocha, G.
Pinto, S.
Pinto, J.
Monteiro, J.
Guedes, M.
Palavras-chave: anomalia congénita gastrintestinal
anomalia congénita da parede abdominal anterior
neonatologia
cirurgia neonatal
congenital anomaly of the gastrointestinal tract
congenital anomaly of the anterior abdominal wall
neonatology
neonatal surgery
Data: 2004
Editora: Revista Nacer e Crescer
Citação: Nascer e Crescer 2004; 13 (1): 16-22
Resumo: RESUMO Introdução: as anomalias congénitas gastrintestinal e da parede abdominal anterior constituem um grupo frequente de patologias em cuidados intensivos, sendo responsáveis por elevadas morbilidade e mortalidade neonatais. Objectivos: caracterização e avaliação da importância destas anomalias numa unidade de cuidados intensivos neonatais. Material e métodos: estudo retrospectivo das referidas anomalias congénitas, diagnosticadas em 142 recém-nascidos admitidos na Unidade de Cuidados Intensivos do Serviço de Neonatologia do Hospital de São João, entre 1 de Janeiro de 1997 e 31 de Dezembro de 2001. Resultados: a amostra estudada, 106 casos de anomalia gastrintestinal e 36 de defeito da parede abdominal anterior, representou 5% (142/2717) do total de admissões da unidade e 25% (142/566) de todos os recém-nascidos com anomalia(s) congénita(s). A anomalia congénita "per si" foi o motivo do internamento em 123 (87%) casos. Foram identificados possíveis factores de risco em oito (6%) casos e o diagnóstico pré-natal correcto foi efectuado em 37 (26%) casos.Em nove (6%) casos verificou-se associação a anomalia cromossómica. Foram também, identificados dois síndromas, três casos de associação VATER e uma sequência malformativa. O tempo de internamento médio foi de 17,6 dias. Faleceram nove (6%) recém-nascidos. Conclusões: as anomalias congénitas gastrintestinais e da parede abdominal representam um grupo de patologias com importância significativa numa unidade de cuidados intensivos neonatais, não apenas pelas elevadas frequência, morbilidade e mortalidade, mas também pela complexidade de alguns casos exigindo apoio multidisciplinar. O diagnóstico pré-natal é de fundamental importância, permitindo propor, nalguns casos, a interrupção da gestação ou orientar o parto para centros com cuidados perinatais diferenciados.ABSTRACT Introduction: congenital anomalies of the gastrointestinal tract and anterior abdominal wall, a frequently observed group of diseases in neonatal intensive care units, contribute to high morbidity and mortality among newborn infants. Objectives: to characterize and estimate the contribution of these anomalies to the admission to a neonatal intensive care unit. Population and methods:a retrospective chart review was carried out in 142 newborns, presenting with congenital anomalies of the gastrointestinal tract or anterior abdominal wall, admitted to Hospital de São João Neonatal Intensive Care Unit, between 01/01/97 and 31/ 12/01. Results: a total of 106 gastrointestinal and 36 anterior abdominal wall defects were reviewed, representing 5% (142/2717) of the overall admissions and 25% (142/566) of the newborns presenting with a congenital anomaly. The anomaly was directly related to the hospitalization in 123 (87%) of the cases. Possible risk factors were identified in eight (6%) newborns and correct prenatal diagnosis was carried out in 37 (26%) pregnancies. Nine (6%) cases were associated with a chromosomal anomaly. Two syndromes, three VATER association and a sequence were identified. Mean hospitalization length was 17,6 days and nine (6%) newborns died. Conclusions: congenital anomalies of the gastrointestinal tract and anterior abdominal wall represent a group of diseases of great concern in neonatology, not only because of their frequency, morbidity and mortality rates, but also because of the complexity of some cases, imposing a multidisciplinary approach. Prenatal diagnosis is of great importance, making pregnancy interruption possible in some cases, or to direct births into a secondary or tertiary care center.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/614
Versão do Editor: http://www.hmariapia.min-saude.pt/revista/marco2004/Anomalias%20congénitas.pdf
Aparece nas colecções:RN&C: Ano de 2004

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Anomalias congénitas gastrintestinais.pdf39,64 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.