Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.16/859
Título: Guia de boas práticas em Investigação Clínica do CHP
Autor: DEFI
Data: 2010
Editora: Centro Hospitalar do Porto
Resumo: O rápido aumento da dimensão e da complexidade das actividades de investigação, associado às mudanças ocorridas nos últimos anos na área da Medicina e das Ciências e Tecnologias da Saúde, na organização do Sistema Nacional de Saúde e na reestruturação do Sistema Nacional de apoio à Ciência, Tecnologia e Investigação, obrigam-nos a reformular o modo de incorporar a investigação clínica nos hospitais. Com a criação do Centro Hospitalar do Porto e a integração, neste Centro Hospitalar, de três Unidades – Hospital de Santo António, Maternidade Júlio Dinis e Hospital Maria Pia – esta é, para todos, uma época de mudança, e também a oportunidade para reorganizar a investigação clínica na instituição. Não é objectivo deste documento de nir a política institucional nesta matéria. Pretende-se, tão-somente, que estas informações, normas e orientações constituam, por um lado, instrumentos directos de incentivo e apoio à investigação e funcionem, por outro, como instrumentos indirectos de melhoria da prestação de Cuidados de Saúde. Em primeiro lugar, e porque a actividade de investigação de qualquer Instituição deve ser enquadrada no panorama nacional, apresenta-se, de uma forma sumária, a rede nacional de investigação cientí ca e desenvolvimento tecnológico, no que respeita às infra-estruturas e programas governamentais de suporte à investigação e desenvolvimento (I&D) e à sua organização em consórcios, instituições e laboratórios, unidades e grupos de investigação, que permitem aos investigadores perseguir os seus objectivos, ao mesmo tempo que concentram interesses e rentabilizam recursos. Passa-se à descrição das infra-estruturas de apoio à investigação existentes no Centro Hospitalar do Porto. Apresentam-se, neste contexto, alguns esforços já desenvolvidos, nomeadamente no que respeita à criação de grupos e equipas de investigação e à sua integração em unidades de I&D reconhecidas pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Espera-se consolidar este esforço nos próximos anos, estimulando áreas já existentes a apresentar as suas propostas e fomentando a criação de novas áreas, integrando progressivamente cada vez mais Investigadores, fomentando laços de cooperação e promovendo novas parcerias com outras instituições. Finalmente, apresentam-se as normas e orientações para a realização de estudos de investigação no Centro Hospitalar do Porto, bem como algumas noções fundamentais sobre ensaios clínicos. Neste contexto, fornecem-se modelos de documentos e formulários que podem ser usados pelos Investigadores. A título informativo, indicam-se alguns “sites” úteis para procurar informação adicional e legislação de suporte, e disponibiliza-se um glossário de termos técnicos. Espera-se, assim, ajudar na caminhada aqueles que estão a iniciar, ou que, tendo já começado, querem fazer mais e melhor.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.16/859
Aparece nas colecções:Publicações DEFI

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
GUIA DE BOAS PRÁTICAS EM INVESTIGAÇÃO cLINICA DO CHP.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.